Windows 7 Release Candidate 1 is in tha house

 

Podem começar a acalmar ânimos e já não preciso bater em ninguém, o Windows 7 Release Candidate 1 já está disponível para subscritores Technet/MSDN e no dia 5 de Maio vai estar disponível no Link http://www.microsoft.com/windows7 para parceiros, profissionais de IT, entusiastas e n00bs que não saibam distinguir um computador dum frigorífico.

As diferenças entre a versão beta 7000 e versão RC 7100 do Windows 7 centram-se essencialmente na correcção de diversos bugs, pequenas alterações no interface do utilizador, inclui uma versão actualizada do IE8, funcionalidades multitouch e outra muito interessante que dá pelo nome de Windows XP Mode.

 

Para os mais receosos (já para não dizer maricas!) no que toca a testar o Windows 7 tenho a dizer o seguinte: Se o processo de transição de Windows XP para Windows Vista falhou, tal deve-se principalmente a 2 showstoppers, performance do Windows Vista em máquinas com fraca capacidade de hardware e compatibilidade de aplicações legacy no Windows Vista.

É do conhecimento geral (não é? Onde é que andavas no 25 de Abril de 1974???) que a versão RTM do Windows Vista continha diversos problemas de performance, muitos foram corrigidos ainda antes do lançamento do SP1, outros ainda após o SP1, mas com isto chegámos a quase metade do ciclo de vida de um produto com problemas acentuados de performance, algo que os utilizadores não perdoaram tendo o Vista sido conotado como o novo Windows Millenium Edition (considerado por muitos o pior OS de sempre da Microsoft devido a diversos problemas de estabilidade que apresentava, apesar de tudo no meu caso pessoal tive uma boa experiência com este sistema quando actualizado com todos os patchs…), apesar do Windows Vista ser hoje em dia um sistema bastante estável, contudo as correcções lançadas demonstraram não resolver o problema da performance nas máquinas com fraca capacidade de Hardware, tipo Pentium 3 ou superior com 512MB ou 1Gb de memória RAM. Talvez muitos não tenham ainda percebido o enorme salto atingido no Vista, o Sistema Operativo adquiriu um dos melhores aspectos dos sistemas *nix, tornou-se modular!!! Ao tornar-se um sistema operativo modular qualquer alteração ou melhoramento torna-se tarefa fácil, a evolução de performance no Windows 7 é em grande parte um redesenho de módulos do Windows Vista e os resultados estão aí, o Windows 7 supera o Windows XP em termos de performance mesmo em máquinas com fraca capacidade de Hardware. Com isto, é razão para dizer, Showstopper 1: Performance, prova superada!!!

Em relação a aplicações legacy que só corriam no Windows XP, a Microsoft traçou um plano de acção, estamos a falar de recorrer a uma ferramenta de gestão centralizada e do Microsoft Virtual PC 2007 no Windows Vista a correr uma máquina Guest Windows XP com as aplicações instaladas. Esta solução podia ser utilizada através do Microsoft Enterprise Virtualization Desktop (MED-V) que faz parte do Microsoft Desktop Optimization Pack. Esta solução foi idealizada para o segmento Enterprise com capacidade de gestão de IT. Todavia esta solução podia não endereçar todas as necessidades, nomeadamente num mercado de small business onde a capacidade de gestão centralizada através de recursos de IT é muito limitada. Nesse mesmo sentido foi criada uma nova funcionalidade no Windows 7 que dá pelo nome de Windows XP Mode, à imagem do que é feito actualmente através da tecnologia MED-V, estamos a falar de um Desktop Windows 7 a correr o Windows Virtual PC com uma máquina virtual Windows XP SP3, onde poderão ser instaladas as aplicações legacy que pretendemos correr, pelo que as aplicações instaladas na máquina virtual Windows XP são publicadas directamente no desktop Windows 7, sendo estas corridas a partir daqui, algo que se torna completamente transparente para o lado do utilizador, visto que este não terá a percepção que a aplicação está a correr na máquina virtual Windows XP.

Eis alguns dados importantes a retirar do Windows XP Mode no Windows 7:

  • O Windows 7 disponibiliza o Windows XP Mode para correr aplicações antigas em Windows XP.  Com o Windows Virtual PC, poderá correr aplicações Windows XP através de um simples click a partir do desktop Windows 7. 
  • ·         Windows Virtual PC é destinado ao mercado small business sem gestão de IT. 
  • ·         Os mercados Enterprise com gestão de IT podem reduzir nos custos de implementação e gestão de Windows Virtual PC’s através do Microsoft Enterprise Desktop Virtualization (MED-V), o qual faz parte do Microsoft Desktop Optimization Pack.
  • ·         O Windows XP mode utiliza o Windows Virtual PC, com suporte para USB, suporte multi-threading e incluí uma versão do Windows XP pré-instalada. 

Para entenderem um pouco melhor o que é o MED-V, recomendo a visualização do video ‘Client-hosted Virtualization with Microsoft Enterprise Desktop Virtualization (MED-V)‘.

 

Outra das ferramentas que irá facilitar o processo de migração de desktops Windows XP para WIndows 7 será o Microsoft Deployment Toolkit 2010, sigam este link com um video e informação mais detalhada sobre Migrating from Windows XP to Windows 7 Beta with Microsoft Deployment Toolkit 2010 Beta.

 

Eis algumas alterações que podem ser notadas na build Windows 7 RC 7100:

  • DirectAccess User Experience — A notificação de conectividade corporativa (Corporate Connectivity Notification) foi removida de modo a simplificar a experiência do utilizador; apenas o acesso à Internet é apresentado.
  • User Account Control (UAC) — Na versão beta, o utilizador podia alterar o nível de notificação no painel de controlo do UAC sem receber um pedido de credenciais administrativas. O painel de controlo do UAC agora corre como um processo de integridade alta; A alteração de nível do UAC irá apresentar a janela de confirmação. Quando um utilizador está ligado com uma conta de utilizador standard, terá de apresentar credenciais administrativas para alterar o nível de notificação do UAC por default.
  • AppLocker — O UI do AppLocker UI inclui um novo template administrativo de Política de Grupo, o qual pode ser configurado por um administrador para apresentar um URL à medida quando o AppLock impede uma aplicação de iniciar. A mensagem pode ser usada para reduzir o número de chamada no help desk através do redireccionamento para um site de intranet do helpdesk.
  • System Partition Size — O tamanho da partição Windows 7 (requerida para o Bit Locker e Windows Recovery Environment) foi reduzida de 200MB para 100MB.
  • Network Troubleshooting — O suporte a diagnósticos for bastante melhorado, incluindo um novo pacote de Windows Troubleshooting para DirectAccess dentro do Painel de Controlo. Se um recurso não está acessível (por exemplo, um site Web que falha o carregamento), pode ser usado o ‘Diagnose Connection’ no Internet Explorer ou a entrada de diagnóstico ‘Troubleshoot problems’ pode ser um indicador de ajuda para determinar a causa do problema.

     

    Sugiro ainda a visualização do ScreenCast What’s new in Windows 7 Release Candidate screencast, onde são abordadas as diversas novidades incluídas na nova build do Windows 7, assim como o acesso ao artigo do blog Edge Announcing Windows 7 Release Candidate, onde são disponibilizados diversos recursos adicionais do ponto de vista de migração e funcionalidades do produto.

  •  

    Para que não restem dúvidas sobre a disponibilidade do Windows 7 RC, aqui vão os screenshots do Technet na secção de download. 🙂

    Acredito que haja muita gente impaciente para instalar a nova versão do Windows 7 e provavelmente a grande maioria ainda não é subscritor do Technet, a mensagem que vou transmitir a seguir dedica-se a vocês essencialmente (se está à espera de poesia, na linha de comandos prima o seguinte: “shutdown /s /t 0”, vai ver que é poético).

    Por diversas vezes tenho referido a amigos e conhecidos para não instalarem sistemas operativos Microsoft ou Linux, sendo estes piratas ou não piratas e que tenham sido retirados de fontes peer-2-peer como por exemplo emule ou Torrents. Há sempre alguém com uma certa relutância em relação a estas advertências, então para os que acham que nunca há problema nenhum e que é seguro instalar sistemas operativos (já nem vou falar de outro tipo de software) retirados de Torrents, vejam esta pérola que está disponível via Torrent e que pode ser fácilmente encontrada no Piratebay.

    Eis uma versão do Windows 7 RC1 build 7100 x64 publicada no dia 28-04-2009, mas que pelos vistos traz uma surpresa no setup.exe, estamos a falar de um Cavalo de Tróia. Depois não se queixem pelo facto das vossas pics caseiras já andarem a circular na net. 😉

    Microsoft.Windows.7.RC1.Build.7100.x64.DVD-iND

    http://thepiratebay.org/torrent/4872598/Microsoft.Windows.7.RC1.Build.7100.x64.DVD-iND

    Comments:

    AVG Free: Threat detected!
    File name: setup.exe
    Threat name: Trojan horse Agent2.FJW.dropper
    But on 5th of May this comes from Microsoft itself – without viruses. 😉

     

    R-Tape Loading error,

    Luís Rato

    Anúncios

    ~ por Luis Rato em 4 de Maio de 2009.

    Deixe uma Resposta

    Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

    Logótipo da WordPress.com

    Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

    Facebook photo

    Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

    Google+ photo

    Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

    Connecting to %s

     
    %d bloggers like this: