O meu primeiro post

Como diria o Cantinflas nas suas cassetes de anedotas, bom dia, boa tarde ou boa noite conforme o local e hora onde estiver.

O primeiro post deste blog não é nada mais que um prefácio do que está para vir, sou um profissional de IT que à data deste post carrega consigo 13 anos de luta nesta área, passei por várias experiências e funções na minha carreira, as quais se revelaram bastante enriquecedoras, como um desígnio do caminho que percorro hoje até ao destino que me reserva amanhã.

Que fique claro que qualquer post publicado neste blog será da minha autoria, onde irei expor as minhas próprias convicções e opinião pessoal, partilhar as minhas experiências e conhecimento, pelo que NÃO IREI REPRESENTAR TODA E QUALQUER COMPANHIA OU INSTITUIÇÃO PARA A QUAL TRABALHO(EI)(E) OU COLABORO(EI)(E)!

Os Posts deste blog são disponibilizados tal como são sem qualquer garantia, pelo que não assumo a responsabilidade por qualquer utilização indevida. A utilização de amostras de scripts estão sujeitas aos termos de utilização que forem especificados.

 

Não posso deixar de prestar uma especial homenagem ao meu pai, aquele que foi sem dúvida a pessoa que mais marcou o meu percurso e escolhas de vida, foi ele mesmo que um dia entrou pela porta de casa com um Zx Spectrum 48K novinho em folha. Com a minha tenra idade aquilo era mais um gadget didáctico ou cientifico que o meu pai trazia, naquele dia estava longe de perceber que aquele pequeno computador iria ter uma importância muito grande no meu percurso profissional.

A minha interacção com os computadores começou muito cedo, aos 5/6 anos comecei a mexer no teclado de borracha do 48K com a ajuda do meu pai que me ensinou a programar e fazer desenhos através do código de exemplo que vinha nos livros de Basic, tal foi o meu entusiasmo que não durou muito até que eu próprio tivesse começado a fazer os programas e desenhos sem a ajuda dele. Eis que um dia descubro que afinal o computador servia para algo mais que programar e desenhar, afinal de contas aquilo também corria jogos!!!!! Recordo-me perfeitamente de entrar em casa com a Cassete do Bomb Jack e ter passado dias inteiros em pleno vício, algo que fundamentou a longa caminhada em frente da TV a jogar no Spectrum com títulos como Formula One Manager, Bomb Jack, Renegade, Target Renegade, Chuckie Egg 1 e Chuckie Egg 2, Double Dragon, Manic Miner, Dizzy, Myth, Tusker, Match Day, Karnov, R-Type, Gauntlet, Athena, Sir Fred, El Captain Trueno e muitos mais, recordo-me que ao selar as caixas com as Cassetes ter contabilizado perto de 900.

Enquanto estudante passei ainda longas horas em frente ao Commodore 64, Commodore Amiga 500/600/1200 até chegar à era Intel num Olivetti 80286 12Mhz e pouco mais tarde um Intel 80386 SX 25Mhz. O grande passo surgiu com a compra do Intel 80486 DX2-66 Mhz com o qual me iniciei a desenhar em Autocad 12, 3D Studio 3, Corel 5 e Photoshop. Face à limitação de memória (4Mb Ram), depressa aprendi a optimizar o Autoexec.bat e Config.sys para obter o máximo de memória de forma a correr jogos, remover Vírus era o prato dia, metade das disquetes que se trocavam com amigos vinham infectadas, pelo que depressa aprendi o conceito de proteger a máquina com Antivirus, ainda assim o que me dava mais trabalho era passar a vida a optimizar os PC’s e limpar Vírus nas máquinas dos amigos. Talvez fosse este um sinal que algo se iria transformar no meu percurso.

Em 1993 com apenas 15 anos já entendia bastante de Autocad e 3D Studio, o que para um estudante de artes parecia ser um futuro promissor dentro desta área, todavia ao mesmo tempo que evoluía nos meus conhecimentos de desenho e projecto adaptado ao Autocad/3D Studio, fui também evoluindo e começando a dominar nos conhecimentos de hardware e sistemas operativos, até que por volta dos 16 anos comprei um computador Pentium 166Mhz em peças e montei tudo de raiz. Acreditem que não era fácil nesta altura, para montar um PC era preciso ler o manual, tudo era configurado com Jumpers na Motherboard (Clock, Multiplicação e Voltagem), assim como as Placas ISA e PCI era preciso configurar os IRQs e DMAs, não havia Google ou Live Search para nos ajudar na pesquisa de informação e qualquer erro de configuração resultava em cheiro a chamuscado.

Aos 18 anos quando estava a terminar 2 disciplinas de 12º ano decidi que precisava de ocupar as minhas tardes com algo produtivo e rentável, eis que começa a minha procura pela oferta de emprego. Nessa época pertencia a um clube de jogos em Queluz, dava pelo nome de SmashSoft, para meu espanto ao desfolhar o Correio da Manhã deparo-me com uma oferta de emprego desta casa, senti-me confiante por conhecer os donos e decidi responder. Sou chamado entretanto a uma entrevista técnica e lá fui eu, fruto da minha inexperiência cheguei lá hiper nervoso, sou posto à prova numa sala com um 486 DX4 100Mhz para reparar. Deixam-me sozinho na sala e deram-me 2 horas para traçar o diagnóstico, tinha à minha disposição uma série de hardware e o manual da Board. Decido ligar a máquina e começo a ouvir uns beeps manhosos que na altura não sabia interpretar, desligo novamente o PC, pego no manual e começo a validar a configuração de Jumpers e well…. o PC não tinha qualquer componente estragado, apenas tinham alterado a configuração propositadamente para me testarem.  Alterei a configuração e dá-se o milagre, o PC estava a funcionar. Este foi talvez um dos testes mais importantes pelos quais fui posto à prova, fruto deste resultado começou aqui uma longa caminhada profissional, por outro lado fechou-se o caminho profissional de uma vocação pela arte.

É engraçado fazer esta retrospectiva, pergunto-me o que teria sido se na altura tivesse o Magalhães quase de borla, Internet a 5€, aulas de informática, Live Messenger, Google/Live, Wikipedia e muitas outras facilidades que existem hoje em dia. Será sempre um mistério se teria conseguido potenciar o meu conhecimento para campos ainda mais longínquos, ou se por outro lado daria menos valor a todas as facilidades e eventualmente renegar o espírito de descoberta e desenrasque.

 

Sejam bem vindos ao meu mundo Techy.

 

R-Tape Loading Error,

Luís Rato

Anúncios

~ por Luis Rato em 19 de Abril de 2009.

Uma resposta to “O meu primeiro post”

  1. "Será sempre um mistério se teria conseguido…" Um mistério será sempre. No entanto, apesar dos recursos existentes na altura não serem tão abrangentes, serem um pouco limitados, podes ter a certeza que conseguiste traçar uma excelente caminhada que ainda não terminou. E tu tens capacidades para muito mais. Continua estás a ir pelo bom caminho!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: